Prevenção de Perdas no PDV

//Prevenção de Perdas no PDV

Em época de crise, reduzir o prejuízo é fundamental para permanecer competitivo. É aí que entra a importância prevenção de perdas no varejo, setor que trabalha com margens muito apertadas.

Um levantamento revelou que as perdas consomem 2,26% dos lucros de uma grande rede de supermercados varejistas. Convenhamos: é uma soma considerável de dinheiro!

O fato de um negócio ser pequeno não significa que a sua gestão seja simples. Toda empresa dá trabalho para tocar!

Assim, manter toda a gestão na ponta do lápis não significa apenas gastar muito tempo em tarefa simples, mas, também, estar muito aberto a erros e perdas!

Um bom sistema frente de caixa PDV te livra disso: basta lançar as informações e o software se ocupa dos cálculos e do processamento.

Além disso, os programas que oferecem a funcionalidade de geração de relatórios permitem que você cruze as informações de vendas, fluxo de caixa e estoque, podendo detectar anomalias que podem significar fraudes e/ou perdas. É um investimento com retorno garantido para o seu negócio.

Realize inventários periódicos

Fazer o inventário significa levantar tudo o que está na armazenagem e conferir os números com o que consta nos registros de estoque.

Mas, o que isso tem a ver com a prevenção de perdas na frente de caixa? Respondemos: tudo!

Há diversas fraudes que podem ser cometidas no checkout. Elas são tão bem elaboradas que a única maneira de notar que algo está errado, sem pegar o responsável em ação, é conferindo o estoque. Por exemplo: você pode ter registrado um grande número de vendas de determinado produto, mas, ao fazer o inventário, nota que sua quantidade permanece inalterada.

Com esses dados, você pode prestar mais atenção aos caixas, de modo a procurar falhas ou fraudes.

Saiba quais são seus produtos de alto risco (PAR)

O Princípio de Pareto diz que 80% dos resultados vêm de 20% das ações. Quando se trata de prevenção de perdas, isso significa que poucos itens são responsáveis por quase todas elas.

O que isso tem a ver com as perdas na frente de caixa? Simples: quando se trata de produtos de alto risco, o cuidado deve ser redobrado.

Caso um deles seja cancelado ou devolvido, deve voltar imediatamente ao estoque ou à prateleira. Se ele fica no checkout por muito tempo, as chances de furtos internos ou externos aumentam consideravelmente.

Além disso, quando eles forem trocados e/ou devolvidos, é muito importante que você, proprietário, faça a conferência do procedimento – o que é perfeitamente possível em um pequeno negócio. Isso porque estes são procedimentos de alta vulnerabilidade no caixa, que dão margens para fraudes – que acarretam fatalmente em perdas. Tenha, ao menos, um funcionário de confiança para se ocupar disso quando você estiver indisponível.

 

« Voltar
2019-09-16T15:44:51-03:00